Árvores No.2

Médio Porte

Aroeira-vermelha - Schinus terebinthifolius

 

Características: árvore de raiz pivotante, caule ornamental, copa globosa e folhas perenes. A floração é pouco expressiva. A frutificação ocorre de dezembro a julho, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é rápido e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Praças / Parques

Matriz: Praça Lauro Müller - 27° 35’ 00.7” S  48° 32’ 41.4” O

Baga-de-macaco - Posoqueria latifolia

 

Características: árvore de raiz pivotante, copa cônica e folhas perenes. Floração expressiva, de cor creme, com perfume, de novembro a janeiro. A frutificação ocorre de abril a novembro, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie clímax, típica de mata de encosta e de mata de baixada. Seu crescimento é lento e a muda é de fácil produção. Gosta de local sombreado e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques

Matriz: Lagoinha do Leste - 27° 46’ 45.4” S  48° 29’ 44.5” O

Baguaçu - Eugenia astringens

 

Características: árvore de raiz pivotante, caule ornamental, copa globosa e folhas perenes. Floração expressiva, de cor branca, com perfume, de fevereiro a abril. A frutificação ocorre de julho a outubro, é atrativa para aves e própria para o consumo humano na forma de doces.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga. Seu crescimento é lento e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques / Canteiros de Avenidas

Matriz: Parque da Lagoa do Peri - 27° 43’ 38.7” S  48° 30’ 34.3” O

Canela-ferrugem - Nectandra oppositifolia

 

Características: árvore de raiz pivotante, copa globosa e folhas perenes. Floração expressiva, de cor branca, de março a maio e de setembro a outubro. A frutificação ocorre de junho a agosto e de dezembro a janeiro, e é atrativa para aves.

 

Observações: espécie clímax, típica de mata de restinga e de mata de baixada. Seu crescimento é rápido e a muda é de fácil produção. Gosta de local sombreado e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Parques

Matriz: Maciço da Costeira - 27° 38’ 20.5” S  48° 30’ 12.8” O

Catiguá - Trichilia claussenii

 

Características: árvore de raiz pivotante, caule e folhagem ornamentais, copa irregular e folhas perenes. A floração é pouco expressiva. A frutificação ocorre de fevereiro a maio, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie clímax, típica de mata de encosta. Seu crescimento é moderado e a muda é de fácil produção. Gosta de local sombreado e de solo com constituição argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Praças / Parques / Canteiros de Avenidas

Matriz: Parque da Lagoa do Peri - 27° 44’ 48.6” S  48° 31’ 22.1” O

Chal-chal - Allophylus edulis

 

Características: árvore de raiz pivotante, copa globosa, folhagem ornamental e folhas perenes. A floração é pouco expressiva. A frutificação ocorre de novembro a dezembro, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga e de mata de baixada, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é rápido e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol, de solo profundo, úmido e com constituição arenosa ou argilosa. Produz excelente sombra e é ideal para estacionamentos.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques

Matriz: Parque do Córrego Grande - 27° 35’ 53.7” S  48° 30’ 40.2” O

Cocão - Erythroxylum argentinum

 

Características: árvore de raiz pivotante, caule ornamental, copa globosa e folhas perenes. A floração é pouco expressiva. A frutificação ocorre de dezembro a março, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga e de mata de encosta, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é moderado e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques / Canteiros de Avenidas

Matriz: Parque da Lagoa do Peri - 27° 43’ 32.9” S  48° 30’ 30.8” O

Grumixama - Eugenia brasiliensis

 

Características: árvore de raiz pivotante, copa cônica e folhas perenes. Floração expressiva de cor branca, de setembro a novembro. A frutificação ocorre de novembro a dezembro, é ornamental, atrativa para aves e própria para o consumo humano. Seus frutos são muito saborosos e se parecem com cerejas. Por isso esta árvore também é chamada de cerejeira brasileira.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga e de mata de baixada, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é rápido e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques / Canteiros de Avenidas

Matriz: Parque da Luz - 27° 35’ 33.0” S  48° 33’ 33.6” O

Guabiroba - Campomanesia reitziana

 

Características: árvore de raiz pivotante, caule e folhagem ornamentais, copa globosa e folhas perenes. A floração é pouco expressiva. A frutificação ocorre de agosto a outubro e é atrativa para aves.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de encosta. Seu crescimento é lento e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques

Matriz: Lagoinha do Leste - 27° 46’ 43.4” S  48° 30’ 22.5” O

Guamirim - Myrcia multiflora

 

Características: árvore de raiz pivotante, caule ornamental, copa irregular e folhas perenes. Floração expressiva, de cor branca, de novembro a janeiro. A frutificação ocorre de fevereiro a abril, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga e de mata de baixada. Seu crescimento é lento e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques

Matriz: Parque das Dunas da Conceição - 27° 38’ 04.2” S  48° 28’ 02.6” O

Guamirim-de-folha-fina - Myrcia splendens

 

Características: árvore de raiz pivotante, caule e folhagem ornamentais, copa pendular e folhas semicaducas. Floração expressiva, de cor branca, com perfume, de novembro a dezembro. A frutificação ocorre de dezembro a fevereiro, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é moderado e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques

Matriz: Lagoinha do Leste - 27° 46’ 46.5” S  48° 30’ 01.9” O

Ingá-feijão - Inga marginata

 

Características: árvore de raiz superficial, copa globosa e folhas perenes. Floração expressiva, de cor branca, de outubro a fevereiro. A frutificação ocorre de março a maio e é ornamental.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de encosta e de mata de baixada, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é rápido e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Praças / Parques / Canteiros de Avenidas

Matriz: Parque do Córrego Grande - 27° 35’ 50.1” S  48° 30’ 34.6” O

Ipê-da-praia - Handroanthus pulcherrimus

 

Características: árvore de raiz pivotante, copa irregular, folhagem ornamental e folhas caducas. Floração exuberante, de cor amarela, de setembro a janeiro. A frutificação ocorre de novembro a fevereiro.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga. Seu crescimento é moderado e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques / Canteiros de Avenidas

Matriz: Parque da Lagoa do Peri - 27° 43’ 33.1” S  48° 30’ 30.0” O

Jaboticabeira - Plinia peruviana

 

Características: árvore de raiz pivotante, caule e folhagem ornamentais, copa globosa e folhas perenes. Floração expressiva, de cor branca, de setembro a dezembro. A frutificação ocorre de novembro a janeiro, é ornamental, atrativa para aves e própria para o consumo humano.

 

Observações: espécie clímax, típica de mata de encosta. Seu crescimento é lento e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques

Matriz: Naufragados - 27° 49’ 51.9” S  48° 33’ 39.0” O

Mangue-formiga - Clusia criuva

 

Características: árvore de raiz superficial, copa irregular, folhagem ornamental e folhas perenes. Floração expressiva, de cor branca, com perfume, de novembro a dezembro. A frutificação ocorre de abril a setembro, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga e de mata de encosta, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é lento e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Praças / Parques

Matriz: Lagoinha do Leste - 27° 46’ 46.5” S  48° 30’ 01.9” O

Maria-preta - Diospyros inconstans

 

Características: árvore de raiz pivotante, copa globosa, folhagem ornamental, com tonalidades de cinza e folhas perenes. Floração pouco expressiva. A frutificação ocorre de janeiro a maio, é ornamental e atrativa para aves.

 

Observações: espécie clímax, típica de mata de restinga e de mata de encosta. Seu crescimento é moderado e a muda é de fácil produção. Gosta tanto de exposição plena ao sol como de lugares sombreados; gosta de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques

Matriz: Parque da Lagoa do Peri - 27° 43’ 32.8” S  48° 30’ 29.9” O

Pixiricão - Miconia cabucu

 

Características: árvore de raiz pivotante, copa cônica, folhagem ornamental e folhas perenes. Floração pouco expressiva. Sua frutificação ocorre de outubro a novembro e é atrativa para aves.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de encosta, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é rápido e a muda é de fácil produção. Gosta de exposição plena ao sol e de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Parques / Canteiros de Avenidas

Matriz: Lagoinha do Leste - 27° 46’ 45.3” S  48° 30’ 15.3” O

Tarumã, Azeitona-do-mato - Vitex megapotamica

 

Características: árvore de raiz pivotante, copa globosa, folhagem ornamental e folhas caducas. Floração expressiva, de cor roxo-azulada, de outubro a dezembro. A frutificação ocorre de dezembro a abril, é ornamental, atrativa para aves e própria para o consumo humano.

 

Observações: espécie pioneira, típica de mata de restinga, indicada para a recuperação de áreas degradadas. Seu crescimento é moderado e a muda é de difícil produção. Gosta tanto de exposição plena ao sol como de lugares sombreados; gosta de solo com constituição arenosa ou argilosa.

Ambiente adequado para o plantio:

Jardins Residenciais / Praças / Parques

Matriz: Lagoinha do Leste - 27° 46’ 45.3” S  48° 30’ 15.3” O

02

Árvores de Médio Porte

6 a 12 metros de altura e diâmetro da copa de 6 a 12 metros

 

*Nome popular - Nome científico (espécie)

© 2017 Árvores Nativas de Floripa.

Este site foi realizado com recursos provenientes de compensação ambiental.